terça-feira, 29 de abril de 2014

Ímola 1994 - 20 anos depois - 29/04/1994 - Rubens Barrichello

Há 20 anos atrás começava o fim de semana mais obscuro da história da Fórmula 1, fim de semana esse que Niki Lauda o descreveu como "o fim de semana em que Deus tirou as mãos da Fórmula 1".
Treino de sexta-feira, o então piloto da Jordan Rubens Barrichello escapa na zebra na Vaiante Bassa a 225 Km/h, seu carro decola, bate de bico na barreira de pneus e capota várias vezes até parar de cabeça pra baixo com o brasileiro desacordado, o pulso deslocado e o nariz quebrado, o que tirou Rubinho do resto do fim de semana.



Rubens Barrichello no momento do impacto...
...recebendo atendimento de Sid Watkins...
...e após receber alta do hospital no dia seguinte, com Ayrton Senna.

Rômulo Rodriguez Albarez - São Paulo/SP - #SennaSempre

Um comentário:

  1. Walter Zulin Junior15 de maio de 2014 18:04

    Esse aí só não foi na sexta por um milagre, muito forte o impacto

    ResponderExcluir